Falácia do planejamento

“Homens fazem planos e Deus dá risada.”

–Provérbio Iídiche

“Quando for viajar, leve metade das roupas e o dobro do dinheiro.”

–Provérbio do meu vizinho Zé Carlos

Como fazemos planos? Pense no último plano que você fez. Ou melhor ainda, faça um agora. Pode ser simples, como fazer um reparo fácil em casa, ou até trocar uma lâmpada. E como parte do exercício, faça uma estimativa, X, de quanto tempo vai levar até estar feito.

Agora, pense na última vez que fez um projeto comparável. Quanto tempo, Y, levou pra terminar?

Deixa eu adivinhar. X < Y. Certo?

Se for, você foi vítima de um viés chamado falácia do planejamento.

A falácia do planejamento é simples: ao fazer um plano, nós seres humanos sistematicamente subestimamos os custos e tempo necessários para conseguir algo e superestimamos os benefícios finais.reality

Ou: tudo sempre leva mais tempo e mais dinheiro que a gente acha, e no fim ainda rende menos, mesmo levando isso em consideração.

 Foto: Getty Images
Arena Fonte Nova, que custou 189% mais caro que o previsto.

A explicação mais provável é que, ao fazer planos, pensamos na seqüência de ações necessárias para completar o objetivo, estimamos o tempo ou dinheiro que cada um vai levar, e talvez, se formos especialmente prudentes, colocamos um pouco a mais, por via das dúvidas. Porém, para cada passo, pensamos só nas melhores das hipóteses. Além disso, não contamos com fatores aleatórios, que são desproporcionalmente negativos.

O que acaba acontecendo é que as nossas estimativas de tempo e custo quase sempre são subestimativas.

O que fazer?

A visão externa

A visão externa é uma técnica para minimizar o efeito da falácia do planejamento levantada por Daniel Kahneman em seu livro Rápido e devagar.

O passo no. 1 é a auto-observação.

Usando a visão externa, ao invés de pensar em termos dos passos que têm que ser tomados, pensamos em outros projetos ou planos passados comparáveis (como pedi, no começo, para chegar no valor de Y) e criar uma estimativa em cima de dados comprovados.

Por exemplo, um certo estudante tem que fazer um projeto, e ele tem que resolver quando ele vai trabalhar.

Ele poderia dizer: “Eu consigo digitar mais ou menos 500 palavras por hora. Portanto, um trabalho de duas mil palavras deve levar 4 horas para terminar. Posso começar no domingo às 16h, e ainda tenho algumas horas de sobra caso precise.”

Mais uma vítima da falácia do planejamento.

Nesse caso, ele está usando sua visão interna, o que quer dizer que ele quase certamente fez merda. As 500 palavras por hora podem ser razoáveis quando ele ta louco de cafeína e ritalina, o que dura no máximo umas duas horas. Ele não pensou que tem que planejar e pesquisar, e que ele provavelmente vai ver que fez um erro feio e vai ter que reescrever metade do negócio. Sem contar que os vírus da pornografia que ele vive baixando vão resolver dar PT no computador dele no domingo à noite, óbvio, e ele não vai conseguir fazer nada.

Por outro lado, ele poderia deixar de ser tonto e utilizar a visão externa: “Eu já fiz cinco trabalhos de 2000 palavras. Sendo bem honesto, cada um levou umas doze horas para fazer, e o que levou mais tempo levou quinze. Esse aqui ta meio fácil comparado com os outros. Então, eu vou marcar duas horas de trabalho nesse projeto por dia daqui até sexta, e se precisar, ainda posso tirar um pouco do meu horário de pornografia pra terminar.”

Aqui, o aluno fez uma estimativa razoável ao se basear em auto-observações, usando informações específicas a este trabalho para calibrar sua previsão.

Qual é a lição então, MC Brinquedo?

Mc Brinquedo : Brinquedo Visao Externa, Usa A Visão Externa, Carai - by Anonymous

Amanhã tem mais.

Publicidade
Falácia do planejamento

Um comentário sobre “Falácia do planejamento

Diga

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s